Para Ouvir - Apocalyptica


Apocalyptica é uma banda finlandesa formada por três violoncelistas e, desde 2005, um baterista. Tem como especialidade o "symphonic metal" (heavy metal com aspectos de sinfonia), tocando também música clássica. Todos os formadores frequentaram a Academia Sibelius, em Helsinque, onde se conheceram e, em 1993, se juntaram para fazer, por diversão, arranjos com violoncelos.




A idéia de tocar Metallica logo surgiu, já que todos os quatro gostavam muito da banda. Ficaram dois anos juntos, fazendo pequenas apresentações “acústicas”, até que em 1995 fizeram o primeiro show com amplificadores, em um clube de heavy metal/hard rock de Helsinki.

Alguns dias depois receberam uma proposta da gravadora Zen Garden (ligada à Mercury Records). Acertaram tudo com a gravadora e em 1996 lançaram o primeiro álbum, “Plays Metallica By Four Cellos”, com oito faixas: “Enter Sandman”, “Master Of Puppets”, “Harvester Of Sorrow”, “The Unforgiven”, “Sad But True”, “Creeping Death”, “Wherever I May Roam” e “Welcome Home (Sanitarium)”.

Desse primeiro lançamento, venderam 300.000 cópias em todo o Mundo. Nessa primeira turnê fizeram mais de cem shows em mais de vinte países. Realizaram também mais um sonho em Novembro de 1996, abrindo dois shows para o Metallica em Helsinki. O grupo surpreendeu a todos, unindo definitivamente a música clássica e o heavy metal.

O segundo álbum, “Inquisition Symphony”, veio em 1998, contendo covers de duas músicas do Sepultura (“Refuse/Resist” e “Inquisition Symphony”), quatro do Metallica (“For Whom the Bell Tolls”, “Nothing Else Matters”, “Fade to Black”, “One”), uma do Pantera (“Domination”), uma do Faith No More (“From Out of Nowhere”) e três músicas próprias (“Harmageddon”, “M.B.” e “Toreador”). Todas as três do grupo foram compostas por Eicca Topinnen.



Em 2000, durante a gravação do que seria o próximo trabalho, Manninem deixou o Apocalyptica para se juntar à Orquestra Filarmônica da Finlândia. Com Perttu Kivilaakso ocupando a vaga, lançaram “Cult” no mesmo ano. No novo álbum os covers foram praticamente deixados de lado e as composições de Eicca ganharam mais destaque.

Em 2003 seria a vez de Lilja abandonar a banda por discordâncias sobre a maneira como Eicca conduzia o Apocalyptica. Como um trio gravaram “Reflections”, desta vez sem nenhum cover e contando apenas com composições próprias, a cargo de Eicca e Perttu. Para a tour que se seguiu contrataram Antero Manninen (que não voltou ao grupo oficialmente). No mesmo ano saiu ainda o single “Seemann”, regravação do grupo Rammstein, gravada em parceria com Nina Hagen, cantora alemã que fez sucesso na época da new-wave.




Fonte: Wikipédia / Presente para Homem / Canal Youtube 

0 comentários :